9.08.2013


Entre o progresso e a decadência, entre o processo e a eficiência, entre a essência e a indecência, entre ruas e becos, entre favelas e vielas, entre o mar revolto e a revolta, entre a marcha ré e a contramão, entre a mão erguida e a decepada, entre a propaganda e a cilada, há sempre gente morrendo sem viver, se matando pra viver, vivendo pra não morrer, se matando aos poucos, se morrendo aos montes, morrendo enfim, como se isso fosse salvação, não quero acreditar que é.

2 comentários:

  1. E você...se enquadra em qual modo de vivência??? morrendo sem viver, se matando pra viver, vivendo pra não morrer, se matando aos poucos, se morrendo aos montes, morrendo enfim... e o que é salvação para você??? A Se salvar do que esse texto se refere ???

    ResponderExcluir
  2. Morrendo sem viver. Salvação pra mim é salvação em vida, salvação da monotonia e insatisfação com a própia vida. A salvação do texto é a salvação cristã, que tem um caráter procrastinador.

    ResponderExcluir