5.15.2011

Tudo volta para como era antes. Você não pode sentir se não ver, você não pode ver se não se entregar. Agora eu não sei se devo. Um olhar pode dizer tudo, mas eu não tenho ideia do que você quer dizer. Eu sinto falta apenas do que me faz bem. Desça do seu universo paralelo e verá como a verdade pode ser provocante. Estou perdido dentro de mim mesmo. Você nunca chegaria perto de compreender. O que me resta? Esta vontade infindável de partir pra outro plano.

Um comentário: